Startups americanas aproveitam grandes lojas fechadas como espaços para pickleball

Grandes lojas como a Macy’s em Richmond, Virgínia, fechadas durante a última década nos Estados Unidos, estão ganhando uma nova cara. Isso porque Startups de pickleball, viram nos espaços emblemáticos uma oportunidade de negócios.

Pickleball, uma “mistura” de tênis, badminton e tênis de mesa, se popularizou nos Estados Unidos durante a pandemia. De acordo com a Associação da Indústria de Esportes e Fitness norte-americana, o número de jogadores no país cresceu 21% em 2020 e 14% em 2022. O melhor de tudo, é que o esporte é considerado inclusivo, pode ser praticado por qualquer pessoa, independentemente da habilidade ou das condições físicas.

O Performance Pickleball RVA, que ocupará o espaço da loja Macy’s em Richmond, receberá aulas e grandes torneios. Além disso, o espaço com inauguração planejada para dezembro terá uma loja profissional, um bar e um restaurante. O mix de opções pretende criar uma experiência completa para aos futuros frequentadores do espaço, de acordo com Jon Laaser, co-proprietário e diretor de operações do novo local de pickleball em Richmond.

O primeiro Picklemall da Performance Pickleball RVA será inaugurado em julho no Arizona Mills em Tempe, Arizona, onde costumava ser uma loja At Home. Outra empresa, The Picklr, opera seis locais em Utah e Colorado. Além disso, eles planejam abrir 25 locais ainda em 2023 e 150 nos próximos três anos através de um modelo de franquia.

Na última década, sobretudo após a pandemia, centenas de grandes lojas físicas fecharam em todo o país, deixando um vácuo a ser preenchido em suas comunidades.  “Todos nós temos em nossos bairros aquelas monstruosidades que você passa dirigindo e diz: ‘ah, eu gostaria que algo acontecesse lá'”, disse Jorge Barragan, CEO da Picklr. “Não há muitas pessoas levantando a mão e dizendo: ‘ei, estou disposto a levar de 25 a 40.000 pés quadrados’.”

A onda de fechamentos de lojas como Bed Bath & Beyond, Best Buy e Party City representa uma oportunidade para os entusiastas de Pickleball. Apesar dos desafios que reformar edifícios das décadas de 1980 e 1990 pode significar, Barragan prevê que essas lojas não ficarão vazias por muito tempo. Ele conclui observando que em suas viagens, agentes imobiliários de todo o país estão atendendo empreendedores de Pickleball nos últimos meses, é quase como uma corrida pelo ouro.

 

Fonte: Business Insider e UOL

Assine nossa Newsletter

Acesse, em primeira mão, nossos principais posts diretamente em seu email

Nos conte o que achou

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Pense bem
antes de entrar

sua vida vai se transformar
depois de você conhecer
a gente!

Não se vá ainda!

Inscreva-se e fique por dentro de tudo que pesquisamos e aprendemos. Compartilhar com você será uma honra.