O novo consumidor pós-pandemia voltou a comprar em lojas físicas

Que os hábitos do consumidor pós-pandemia mudaram, a gente já sabia.

Agora, uma pesquisa realizada pela Mood Media levantou os hábitos de consumo desse novo consumidor.

 

Para início de conversa, os consumidores nos dizem que estão desfrutando de experiências em lojas físicas novamente, com 71% dos consumidores em todo o mundo declarando que agora compram em lojas físicas com a mesma frequência ou até mais do que antes da pandemia.

 

No entanto, à medida que os consumidores retornam às lojas físicas com força total, o que vemos é que eles estão voltando com hábitos e expectativas de compras evoluídos. Eles agora veem cada vez mais o online e o offline como parte da mesma jornada de compra (não um contra o outro) e, devido aos seus crescentes níveis de conforto no espaço online, eles agora esperam níveis semelhantes de soluções de tecnologia digital como parte integrante do espaço físico de vendas.

 

Quase metade, 45% dos entrevistados citam “a conveniência de ter os produtos na hora” como o principal motivo pelo qual escolhem comprar em uma loja física em vez de online. No entanto, 84% disseram que voltariam às lojas com um ambiente agradável. Por isso, veja como criar esse ambiente na sua loja:

 

3 fatores se destacam para criar uma atmosfera agradável na loja:

  1. Funcionários gostáveis e experientes
  2. Um layout bom e organizado
  3. Experiência sensorial

 

Veja o que a pesquisa fala sobre cada um deles:

 

Funcionários gostáveis e experientes

Funcionários gostáveis e que sabem o que estão fazendo criam um ambiente de loja agradável. O cliente reconhece essa atmosfera gostosa e fica mais tempo, visita novamente e recomenda a loja. A pesquisa só reforça o papel do atendimento na experiência do cliente.

Entre todos os fatores que constroem uma atmosfera agradável, funcionários gostáveis e experientes é o único fator que se destaca em lojas locais menores.

 

Um layout bom e organizado

Depois de uma equipe gostável e experiente, um bom layout foi o próximo fator decisivo, seguido de perto por um ambiente organizado.

O cliente espera mais do layout de grandes lojas.

 

Experiência sensorial

O cliente valoriza a experiência de ver, tocar e sentir os produtos que podem ser adquiridos instantaneamente. Experiência que não pode ser replicada online.

A capacidade de experimentar diferentes produtos ou serviços e experiências mais personalizadas, torna 39% dos compradores mais propensos a querer comprar algo.

 

Depois de atendimento, layout e experiência sensorial, os clientes valorizam diferentes fatores em diferentes segmentos de lojas. Confira:

  • Na opinião dos clientes entrevistados, lojas automotivas e concessionárias de automóveis precisam ter telas digitais interativas.
  • Em lojas de departamentos uma música agradável é importantíssima.
  • Um perfume agradável é indispensável tanto em lojas de saúde e beleza quanto em lojas de luxo.
  • Já em lojas de moda/ roupa os clientes valorizam a possibilidade de experimentar produtos ou serviços antes de comprar.
  • Mercearias e supermercados devem apostar em uma iluminação agradável. Assim como lojas especializadas.
  • Por último, fast foods, restaurantes e cafés precisam ter wi-fi gratuito disponível.

 

O impacto da sustentabilidade

O fato de dois terços (66%) dos consumidores classificarem as práticas sustentáveis e a venda de produtos sustentáveis como o fator mais importante ao escolher quais lojas visitar é significativo.

 

Serviços de reparo ou pontos de reciclagem para embalagens ou roupas usadas são as duas principais iniciativas de sustentabilidade que influenciam positivamente a decisão de um comprador de visitar uma loja física.

Quase dois terços (63%) colocam os serviços de reparo no topo. Mas, considerando que alguns países agora impõem medidas exigindo que os donos de lojas desliguem as vitrines iluminadas à noite, os consumidores na China (68%), França (65%) e Estados Unidos (59%) classificam isso como o mais alto.

 

O impacto mais significativo das medidas de sustentabilidade é que 42% dos entrevistados se sentem mais positivos sobre seu impacto como consumidor nas mudanças climáticas.

Para as marcas que ainda têm dúvidas, 37% dos clientes em todo o mundo se sentem incentivados a comprar algo por iniciativas de sustentabilidade.

59% diz que práticas sustentáveis ou a venda de produtos mais sustentáveis os tornariam mais propensos a comprar, subindo para dois terços daqueles com mais de 55 anos. As principais medidas que os influenciam a comprar são produtos sem embalagem, citados por dois terços (35%) no Reino Unido e mais da metade (56%) na Alemanha.

 

Elimine os antimarketings

Os principais motivos para evitar ou deixar um espaço físico de vendas são funcionários não gostáveis e sem utilidade, seguidos de longas filas.

Os clientes espanhóis são os que mais desanimam com longas filas, citadas por 63%, seguidos pelos do Reino Unido (58%) e da França (56%). As mulheres (52%) foram mais sensíveis do que os homens (45%) a longas filas.

 

Esses são alguns dos insights para sua marca investir em 2023. Aproveite e coloque em prática o que fizer sentido na realidade do seu negócio.

 

Fonte: Mood Media Imagem de Capa

Assine nossa Newsletter

Acesse, em primeira mão, nossos principais posts diretamente em seu email

2 Comentários

  • PETER SCHMIDT

    INSIGHTS IMPORTANTES, QUE DEMONTRAM CADA VEZ MAIS QUE O CONSUMIDOR MUDOU, QUER EXPERIENCIA, COMODIDADE, SUSTENTABILIDADE, ATENDIMENTO UAU, PRODUTO COM QUALIDADE, ENTREGA NA HORA, MUSICA E CHEIRO GOSTOSO.

Nos conte o que achou

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Pense bem
antes de entrar

sua vida vai se transformar
depois de você conhecer
a gente!

Não se vá ainda!

Inscreva-se e fique por dentro de tudo que pesquisamos e aprendemos. Compartilhar com você será uma honra.