Ponto de Referência

A saga dos Badbosses!

É saga mesmo! É longa e começa a ser escrita muito antes mesmo do badboss ser um boss de fato.

Com certeza, você já viu essa cena antes: o funcionário é excelente, faz as suas tarefas com perfeição e está sempre a postos. A cena do próximo capítulo todo mundo já sabe qual é: abre uma vaga de liderança. Não tem ninguém em vista, mas tem esse excelente funcionário. O que fazer? Promovê-lo, lógico, até virar parte da tal estatística “promova-o até torna-lo incompetente”.

Não é isso que queremos, correto? Então vamos ver o que faz alguém ser um badboss. Para, isso criei uma mini série: 13 Reasons Why Você Está Sendo um BadBoss!

 

Está sendo? Sim! “Está sendo”, porque ninguém precisa ser um badboss pra sempre, concorda? A opção de evoluir é individual, certamente, e caso alguém esteja sendo um badboss por livre arbítrio, continuará sendo… Opção que para falar a verdade acho bem pouco provável. Muitas vezes a pessoa está sendo um badboss e nem sabe que é, nem sabe o que está fazendo de errado.

Para melhorar é preciso, antes de qualquer coisa, saber o que faz de você um badboss. Por isso essa mini série. Vamos às 13 razões?

 

É papel do líder orientar. Só que tem líder que acredita que essa história de orientar é uma vez e pronto. Infelizmente, não é assim que a banda toca. Orientar significa dar suporte na medida. Suporte na medida significa que não vai ser na mesma intensidade e tampouco da mesma forma, pois as pessoas são diferentes.

 

 

Tem aquela máxima que fala que o que não pode ser medido não pode ser melhorado. Serve na medida para o desempenho da sua equipe! Se você seja melhorar o desempenho de todos, precisa saber quem é quem na equipe. Quais são os pontos fortes e os pontos fracos de cada um para saber como ajuda-los. Ah, uma dica pra vida: avaliação de desempenho não é aquela coisa que a gente faz uma ou duas vezes por ano.

 

Não tem nem o que falar sobre isso! No mínimo, é muito feio. Não tem o menor sentido um líder tomar crédito pelas ideias da sua equipe. Se a equipe é boa, contribui, inova, faz o que precisa ser feito, o resultado é também da liderança. Então líder, guarda essa aí: não precisa tomar crédito pelas ideias da sua equipe, pois, por tabela, você já tem esse crédito.

 

 

Todo mundo quer trabalhar com um líder que seja gente boa, que ajude todo mundo a crescer todo o dia, que reconheça quando se faz um bom trabalho, que saiba ouvir, enfim… Quando o líder é um badboss não tem indicador que resista.

 

 

Outro ponto que fico até meio chateada de comentar. Pô, gente, com tanta evolução que já tivemos no nosso mundo não é possível esse tipo de atitude, tão fora de moda, tão inadequada. Procurar culpados não leva a lugar algum. O bom é aprender com o erro e corrigir com a maior agilidade possível.

 

 

Um líder tem que saber priorizar. Tem que saber colocar o foco no que realmente vai trazer resultado. Não posso dizer tudo o que é prioridade, mas uma coisa eu posso: a equipe. Tem que focar no desenvolvimento, na motivação e na integração da equipe.  Uma equipe de alta performance libera o líder de inúmeros problemas.

 

 

Uma coisa é não falar para a equipe informações sigilosas, outra coisa é falar nada. Sabe aquele líder que trata a equipe com desdém?

 

 

 

É bom informar que a era do trabalho escravo já passou. Evoluímos como sociedade. Falamos de qualidade de vida no trabalho, falamos de harmonia no trabalho, enfim, entendemos o sentido do ser humano. Não dá para querer que as pessoas trabalhem todos os dias sem limites. É bom lembrar que todo mundo tem família, hobbies, compromissos pessoais. É bom lembrar que o ‘workaholic’ está ultrapassado. O bom é garantir que a sua equipe faça o que precisa ser feito em um horário plausível.  Se as exceções ocorrem praticamente todos os dias, algo de errado há.

 

Elogio é reconhecer, e reconhecer alguém por um trabalho bem feito é muito bom. No momento em que se dá um elogio, também se está apontando o caminho. Elogiar merecidamente alguém na frente da equipe é bom, pois é educativo. É uma forma de dizer como se espera que as coisas sejam feitas. Pegar o que foi feito e mereceu o elogio para virar uma prática é melhor ainda. A famosa cultura das melhores práticas. Aposte nessa ideia.

 

Posso confessar uma coisa para vocês? Não tem discurso que me irrite mais do que esse. Como assim é todo mundo incompetente? Espelho, espelho meu… hora de olhar para o espelho e lembrar que a equipe é reflexo do líder.

 

 

Não é só a equipe que precisa de feedback. Receber um feedback da equipe deve ser visto como uma oportunidade de melhoria. Uma chance para rever as práticas e pensar em mudança.

 

 

 

Ser líder é assumir a responsabilidade de cuidar da equipe, e para cuidar da equipe é necessário ter tempo para ouvir. Tem muito líder por aí que diz em alto e bom tom que não tem paciência para isso. Pode? Gente, não estou aqui para julgar ninguém, mas com certeza tem algo de errado ai!

 

 

Essa é para desistir de vez e achar que nada mais tem solução.  Não se critica ninguém na frente de ninguém. Ponto final. End of history. C´est fini! Não tem nenhuma situação que algo desse tipo possa ser bom.

 

 

13 razões para refletir. Pratico uma, duas ou três? Bom motivo para começar um processo de mudança. Evolução da sua atuação como líder. Sempre é possível melhorar e este deve ser um propósito de vida. Vamos nos encontrar mais vezes por aqui. Sempre com algum conteúdo para lhe ajudar nessa nobre missão de liderar uma equipe.

Elisa Oca Bertaso [email protected]

Comments: 2

  • Paulo Tiago Castanho Mariano 23 de maio de 2018 11:48

    “avaliação de desempenho não é aquela coisa que a gente faz uma ou duas vezes por ano.” então quando é feita? merece um post disso aqui Oca. obrigado pela saga, foi massa!

    • Elisa OCA Bertaso 24 de maio de 2018 19:11

      Paulo obrigada pelas palavras. Vou seguir aqui escrevendo tudo sobre equipe. O próximo, seguindo a tua sugestão será sobre esse assunto, ok? Fica ligado ai nas redes da PDR e nos vemos por aqui.

      Fique sabendo: you make my day! Adorei teu elogio 🙂

Post a Comment