RealityOS da Apple e as inúmeras possibilidades que o futuro nos reserva

Ainda que o RealityOS da Apple, projeto envolvendo computação espacial em AR, não seja realidade, podemos vislumbrar as inúmeras possibilidades que a tecnologia proporcionará. Ao mesmo tempo que as notícias e os relatórios de analistas sobre a existência de um novo dispositivo vestível se tornam mais frequentes, a inquietação sobre o lançamento cresce.

De acordo com a Fast Company, “a primeira menção do (possível) sistema operacional – chamado “RealityOS” – foi identificada no código nas compilações de pré-lançamento do iOS 13 e nos logs de upload da App Store”.

Apesar de não ter sido confirmado, é possível dizer que a Apple está desenvolvendo um par de óculos AR ou um sistema operacional para AR. A tecnologia envolve a colocação de duas telas transparentes dentro das lentes de um fone de ouvido ou óculos. Assim, o usuário poderá sobrepor ou intercalar a tecnologia com a visão do mundo real à sua frente. Em outras palavras, o RealityOS mescla a realidade aumentada com o que é real.

De acordo com Ming-Chi Kuo, analista da Apple, o lançamento do primeiro dispositivo AR, que contará com dois poderosos chips projetados pela Apple, acontecerá em 2023. O que não impede que fantasiemos com que a Apple está construindo.

 

O que o futuro nos reserva

Diferente do iOS ou macOS, o“RealityOS” terá uma tela maior que se move com o usuário e detecta a profundidade. Nesse sentido, será necessário criar um sistema operacional que integre gráficos em ambientes espaciais de maneira útil e significativa.

Outra possibilidade é a exploração de imagens holográficas 3D, que podem aparecer em um contexto de jogo assim como em outros aplicativos. Imagine só uma versão do FaceTime em que as chamadas reúnam em uma sala virtual onde você pode sentar com seus amigos.

Além disso, os possíveis óculos AR estarão mais próximos de nossos corpos do que nossos telefones, logo eles saberão muito mais sobre nós. Portanto, será necessária uma posição ativista da Apple sobre privacidade de dados, gerando segurança para os usuários.

 

Fonte e imagem: Fast Company

Assine nossa Newsletter

Acesse, em primeira mão, nossos principais posts diretamente em seu email

Nos conte o que achou

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Pense bem
antes de entrar

sua vida vai se transformar
depois de você conhecer
a gente!

Não se vá ainda!

Inscreva-se e fique por dentro de tudo que pesquisamos e aprendemos. Compartilhar com você será uma honra.