Ponto de Referência

Robô colaborativo da ABB

Robôs colaborativos estão ganhando espaço

A empresa suíça ABB lançou no mês passado duas novas linhas de cobots, os robôs colaborativos. Os cobots são robôs que podem dividir o mesmo ambiente com pessoas de forma segura e confiável. Além disso, a empresa de tecnologia explicou que os novos robôs são mais intuitivos aos usuários, dispensando treinamento ou suporte técnico para operação.

O uso de robôs na indústria de manufatura registrou um recorde global em 2019, com média de 113 robôs por 10 mil trabalhadores. Por outro lado, os dados mais recentes da Federação Internacional de Robótica apontam que o Brasil conta com 15,3 mil robôs em operação. Números distantes de líderes mundiais como China (783 mil), Japão (355 mil) ou Estados Unidos (293 mil).

O GoFa ™ e o SWIFTI ™, modelos das novas linhas de robôs colaborativos, baseados no YuMi, primeiro cobot da empresa, lançado em 2015. Segundo Rodrigo Bueno, diretor de Robótica da ABB Brasil: “são robôs que vão atender a novas necessidades do mercado, justamente porque as indústrias estão buscando automação e os benefícios por ela gerados, como ganhos de competitividade, melhora na qualidade, agilidade e segurança para seus funcionários”.

De acordo com uma pesquisa da ABB em parceria com 3Gem Global Market Research & Insights, em janeiro de 2021: “84% das empresas querem utilizar ou aumentar o uso de robôs e automação na próxima década. Enquanto 85% comentaram que a pandemia de novo coronavírus foi um “marco de mudança” para os negócios e indústria. Mais de 50% dos executivos entrevistados disseram que os cobots poderiam ajudar distanciamento social, dentro do local de trabalho. Enquanto que mais de um terço (36%) vislumbram estes robôs como uma forma de melhorar a qualidade de trabalho para os colaboradores”.

 

Fonte: ABB e Whow

Avatar
Equipe Ponto de Referencia [email protected]

Seja o primeiro a comentar!

Comente!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Dúvidas? Fale com a gente pelo

Whatsapp!