Ponto de Referência

Cooperação - ajudar

Cooperação – quando a competição constrói sua vida e um mundo melhores

Diz-se que Darwin afirmava que quem sobreviveria e evoluiria seria quem se adapta mais rapidamente. Essa forma, a mais difundida de competição incita todos no mundo real e no mundo das empresas.

Na verdade, estudiosos mais profundos dizem que Darwin falou muito mais sobre outra forma de sobrevivência e evolução que é cooperação. Diferente não?

 

Hora de repensar competição? Com certeza.

A primeira fase de competição é acordar de manhã e conseguir realizar ao longo do dia, tudo que se propõe. Esta fase é acompanhada de uma motivação restrita: sobrevivência. Nela a competição não faz mal a ninguém. Mas também não ajuda ninguém a evoluir. Nem quem está nela.

A segunda fase é superar alguém no que ambos fazem. No esporte acontece muito. O Barão de Coubertin já dizia:  o importante não é vencer, o importante é competir. Mas a grande maioria quer vencer alguém. Nessa fase você não prejudica ninguém que esteja ao seu lado e evolui.

A terceira fase é um desvio de comportamento: destruir alguém. Frequente. Mais do que se imagina. Evolução indesejável da segunda fase. Tomara que nenhum de vocês a atinja. E, se atingir, que você consiga se tratar rapidamente. Sim, porque essa fase requer um cuidado maior com quem a atinge.

A quarta fase tem muito de religioso. Todas as religiões falam dela. A gente veio ao mundo para ser melhor do que a gente foi ontem. A gente veio pra essa vida pra ser melhor quando sairmos dela do que quando viemos a ela. Só. Evolução sem prejudicar ninguém.

A quinta fase é consequência da quarta. Como eu posso ser melhor do que fui ontem? A melhor maneira é ajudando quem precise da minha ajuda. A pandemia acendeu nossa consciência para isso. Há muita gente no mundo que podemos ajudar. Aos mais vulneráveis, doações fundamentais: comida, sabonete. Aos menos vulneráveis, conhecimento, carinho. Sempre há alguma coisa a doar. No final da sua vida, a avaliação do papel que você desempenhou será relacionada ao número de pessoas que você ajudou.

 

Onde você está?

Tomara que na quinta fase. Se não estiver, procure ajudar alguém todos os dias. Comece pelos entes mais próximos. E em qualquer ação despeje carinho no mundo. Sua vida vai ficar muito melhor. E você, tão bom como nunca imaginou. É pra isso que a gente veio ao mundo.

Edmour Saiani
Edmour Saiani [email protected]

Edmour Saiani é sócio-fundador da Ponto de Referência e especialista em Gestão de Atendimento, Inovação e Tendências.

Seja o primeiro a comentar!

Comente!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Dúvidas? Fale com a gente pelo

Whatsapp!